Segunda Leitura

188. Rm 8,31b-35.37-39
Quem nos separará do amor de Cristo?

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos

Irmãos:
Se Deus é por nós, quem será contra nós?
Deus não poupou seu próprio filho,
mas o entregou por todos nós,
como não nos daria tudo junto com ele?
Quem acusará os escolhidos de Deus?
Deus, que os declara justos?
Quem condenará?
Jesus Cristo, que morreu,
mais ainda, que ressuscitou,
e está, à direita de Deus, intercedendo por nós?
Quem nos separará do amor de Cristo?
Tribulações? Angústia? Perseguição?
Fome? Nudez?
Perigo? Espada?
Mas, em tudo isso, somos mais que vencedores,
graças àquele que nos amou!
Tenho a certeza que nem a morte, nem a vida,
nem os anjos, nem os poderes celestiais,
nem o presente nem o futuro,
nem as forças cósmicas,
nem a altura, nem a profundeza,
nem outra criatura qualquer
será capaz de nos separar do amor de Deus por nós,
manifestado em Cristo Jesus, nosso Senhor.
Palavra do Senhor.

189. Rm 12,1-2.9-18(mais longa)
Oferecei-vos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus.

Leitura de Carta de São Paulo aos Romanos

Pela misericórdia de Deus, eu vos exorto, irmãos,
a vos oferecerdes em sacrifício vivo,
santo e agradável a Deus:
Este é o vosso culto espiritual.
Não vos conformeis com o mundo, mas transformai-vos,
renovando vossa maneira de pensar e de julgar,
para que possais distinguir o que é da vontade de Deus,
isto é, o que é bom, o que lhe agrada, o que é perfeito.
O vosso amor seja sincero.
Detestai o mal, apegai-vos ao bem.
Que o amor fraterno vos una uns aos outros
com terna afeição,
prevenindo-vos com atenções recíprocas.
Sede zelosos e diligentes, fervorosos de espírito,
servindo sempre ao Senhor,
alegres por causa da esperança,
fortes nas tribulações, perseverantes na oração.
Socorrei os santos em suas necessidades,
persisti na prática da hospitalidade.
Abençoai os que vos perseguem,
abençoai e não amaldiçoeis.
Alegrai-vos com os que se alegram,
chorai com os que choram.
Mantende um bom entendimento uns com os outros;
não vos deixeis levar pelo gosto de grandeza,
mas acomodai-vos às coisas humildes.
Não presumais de vossa sabedoria.
Não pagueis a ninguém o mal com o mal.
Antecipai-vos na prática do bem perante todos.
À medida do possível e enquanto depender de vós,
vivei em paz com todo o mundo.
Palavra do Senhor.

Ou: Rm 12,1-2.9-13 (mais breve)
Oferecei-vos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus.

Leitura de Carta de São Paulo aos Romanos

Pela misericórdia de Deus, eu vos exorto, irmãos,
a vos oferecerdes em sacrifício vivo,
santo e agradável a Deus:
Este é o vosso culto espiritual.
Não vos conformeis com o mundo, mas transformai-vos,
renovando vossa maneira de pensar e de julgar,
para que possais distinguir o que é da vontade de Deus,
isto é, o que é bom, o que lhe agrada, o que é perfeito.
O vosso amor seja sincero.
Detestai o mal, apegai-vos ao bem.
Que o amor fraterno vos una uns aos outros
com terna afeição,
prevenindo-vos com atenções recíprocas.
Sede zelosos e diligentes, fervorosos de espírito,
servindo sempre ao Senhor,
alegres por causa da esperança,
fortes nas tribulações, perseverantes na oração.
Socorrei os santos em suas necessidades,
persisti na prática da hospitalidade.
Palavra de Deus.

190. Rm 15,1b-3a.5-7.13
Acolhei-vos uns aos outros,
como também Cristo vos acolheu.

Leitura da Carta de São Paulo aos Romanos

Irmãos:
Não devemos buscar a nossa própria satisfação.
Cada um de nós procure agradar ao próximo para o bem,
visando a edificação.
Com efeito, Cristo também não procurou
a sua própria satisfação.
O Deus que dá constância e conforto
vos dê a graça da harmonia e concórdia, uns com os outros,
como ensina Cristo Jesus.
Assim, tendo como que um só coração e a uma só voz,
glorificareis o Deus e Pai do Senhor nosso, Jesus Cristo.
Por isso, acolhei-vos uns aos outros,
como também Cristo vos acolheu,
para a glória de Deus.
Que o Deus da esperança vos encha da alegria e da paz,
em vossa vida da fé.
Assim, transbordareis de esperança,
pelo poder do Espírito Santo.
Palavra do Senhor.

191. 1Cor 6,13c-15a.17-20
Vosso corpo é santuário do Espírito Santo.

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios

Irmãos:
O corpo não é para a imortalidade, mas para o Senhor,
e o Senhor é para o corpo;
e Deus, que ressuscitou o Senhor,
nos ressuscitará também a nós, pelo seu poder.
Porventura ignorais
que vossos corpos são membros de Cristo?
Quem adere ao Senhor torna-se com ele um só espírito.
Fugi da imortalidade.
Em geral, qualquer pecado que uma pessoa venha a cometer
fica fora do seu corpo.
Mas o fornicador peca contra o seu próprio corpo.
Ou ignorais que o vosso corpo
é santuário do Espírito Santo,
que mora em vós e que vos é dado por Deus?
E, portanto, ignorais também
que vós não pertenceis a vós mesmos?
De fato, fostes comprados, e por preço muito alto.
Então, glorificai a Deus com o vosso corpo.
Palavra do Senhor.

192. 1Cor 12,31-13,8a
Se eu não tiver caridade, não sou nada.

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios

Irmãos:
Aspirai aos dons mais elevados.
Eu vou ainda mostrar-vos um caminho
incomparavelmente superior.
Se eu falasse todas as línguas,
as dos homens e as dos anjos,
mas não tivesse caridade,
eu seria como um bronze que soa ou um címbalo que retine.
Se eu tivesse o dom da profecia,
se conhecesse todos os mistérios e toda a ciência,
se tivesse toda a fé, a ponto de transportar montanhas,
mas se não tivesse caridade,
eu não seria nada.
Se eu gastasse todos os meus bens para sustento dos pobres,
se entregasse o meu corpo às chamas,
mas não tivesse caridade,
isso de nada me serviria.
A caridade é paciente, é benigna;
não é invejosa, não é vaidosa, não se ensoberbece;
não faz nada de inconveniente, não é interesseira,
não se encoleriza, não guarda rancor;
não se alegra com a iniqüidade,
mas se regozija com a verdade.
Suporta tudo, crê tudo, espera tudo, desculpa tudo.
A caridade não acabará nunca.
Palavra do Senhor.

193. Ef 4,1-6
Há um só corpo e um só Espírito.

Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios

Irmãos:
Eu, prisioneiro no Senhor, vos exorto
a caminhardes de acordo com a vocação que recebestes:
Com toda a humildade e mansidão,
suportai-vos uns aos outros com paciência, no amor.
Aplicai-vos a guardar a unidade do Espírito
pelo vínculo da paz.
Há um só Corpo e um só Espírito,
como assim é uma só a esperança à qual fostes chamados.
Há um só Senhor, uma só fé, um só batismo,
um só Deus e Pai de todos,
que reina sobre todos,
age por meio de todos e permanece em todos.
Palavra do Senhor

*194. Ef 5,2a.21-33 (mais longa)
Este mistério é grande,
e eu o interpreto em relação a Cristo e à Igreja.

Leitura da Carta de São Paulo aos Efésios

Irmãos:
Vivei no amor, como Cristo nos amou
e se entregou a si mesmo a Deus por nós.
Vós que temeis a Cristo,
sede solícitos uns para com os outros.
As mulheres sejam submissas aos seus maridos
como ao Senhor.
Pois o marido é a cabeça da mulher,
do mesmo modo que Cristo é a cabeça da Igreja,
ele, o Salvador do Corpo.
E como a Igreja é solícita por Cristo,
sejam as mulheres solícitas em tudo pelos seus maridos.
Maridos, amai as vossas mulheres,
como o Cristo amou a Igreja e se entregou por ela.
Ele quis assim torná-la santa,
purificando-a com o banho da água unida à Palavra.
Ele quis apresentá-la a si mesmo esplêndida,
sem mancha nem ruga, nem defeito algum,
mas santa e irrepreensível.
Assim é que o marido deve amar a sua mulher,
como ao seu próprio corpo.
Aquele que ama a sua mulher ama-se a si mesmo.
Ninguém jamais odiou a sua própria carne.
Ao contrário, alimenta-a e cerca-a de cuidados,
como o Cristo faz com a sua Igreja;
e nós somos membros do seu corpo!
Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe
e se unirá à sua mulher,
e os dois serão uma só carne.
Este mistério é grande,
e eu o interpreto em relação a Cristo e à Igreja.
Em todo caso, cada um, no que lhe toca,
deve amar a sua mulher com a si mesmo;
e a mulher deve respeitar o seu marido.
Palavra do Senhor.

Ou: Ef 5,2a.25-32 (mais breve)
Este mistério é grande,
e eu interpreto em relação a Cristo e á Igreja.

Leitura da Certa de São Paulo aos Efésios

Irmãos:
Vivei no amor, como Cristo nos amou
e se entregou a si mesmo a Deus por nós.
Maridos, amai as vossas mulheres,
como o Cristo amou a Igreja e se entregou por ela.
Ele quis assim torná-la santa,
purificando-a com o banho da água unida à palavra.
Ele quis apresentá-la a si mesmo esplêndida,
sem mancha nem ruga, nem defeito algum,
mas santa e irrepreensível.
Assim é que o marido deve amar a sua mulher,
como ao seu próprio corpo.
Aquele que ama a sua mulher ama-se a si mesmo.
Ninguém jamais odiou a sua própria carne.
Ao contrário, alimenta-a e cerca-a de cuidados,
como o Cristo faz com a sua Igreja;
e nós somos membros do seu corpo!
Por isso, o homem deixará seu pai e sua mãe
e se unirá à sua mulher,
e os dois serão uma só carne.
Este mistério é grande,
e eu o interpreto em relação a Cristo e à Igreja.
Palavra do Senhor.

195. Fl 4,4-9
O Deus da paz estará convosco.

Leitura da Carta de São Paulo aos Filipenses

Irmãos:
Alegrai-vos sempre no Senhor;
eu repito, alegrai-vos.
Que a vossa bondade seja conhecida de todos os homens!
O Senhor está próximo!
Não vos inquieteis com coisa alguma,
mas apresentai as vossas necessidades a Deus,
em orações e súplicas, acompanhadas de ação de graças.
E a paz de Deus, que ultrapassa todo o entendimento,
guardará os vossos corações e pensamentos
em Cristo Jesus.
Quanto ao mais, irmãos, ocupai-vos
com tudo o que é verdadeiro, respeitável, justo,
puro, amável, honroso,
tudo o que é virtude ou de qualquer modo mereça louvor.
Praticai o que aprendestes e recebestes de mim,
ou que de mim vistes e ouvistes.
Assim o Deus de paz estará convosco.
Palavra do Senhor.

196. Cl 3,12-17
Sobretudo, amai-vos uns aos outros,
pois o amor é o vínculo da perfeição.

Leitura da Carta de São Paulo aos Colossenses

Irmãos:
Vós sois amados por Deus,
sois os seus santos eleitos.
Por isso, revesti-vos de sincera misericórdia,
bondade, humildade,
mansidão e paciência,
suportando-vos uns aos outros
e perdoando-vos mutuamente,
se um tiver queixa contra o outro.
Como o Senhor vos perdoou,
assim perdoai-vos também.
Mas, sobretudo, amai-vos uns aos outros,
pois o amor é o vínculo da perfeição.
Que a paz de Cristo reine em vossos corações,
à qual fostes chamados como membros de um só corpo.
E sede agradecidos.
Que a palavra de Cristo, com toda a sua riqueza,
habite em vós.
Ensinai e admoestai-vos uns aos outros com toda a sabedoria.
Do fundo dos vossos corações, cantai a Deus
salmos, hinos e cânticos espirituais,
em ação de graças.
Tudo o que fizerdes, em palavras ou obras,
seja feito em nome do Senhor Jesus Cristo.
Por meio dele daí graças a Deus, o Pai.
Palavra do Senhor.

197. Hb13,1-4a.5-6b
O matrimônio seja honrado por todos.

Leitura da Carta aos Hebreus

Irmãos:
Perseverai no amor fraterno.
Não esqueçais a hospitalidade;
pois, graças a ela,
alguns hospedaram anjos, sem o perceber.
Lembrai-vos dos prisioneiros,
como se estivéssemos presos com eles,
e dos que são maltratados,
pois também vós tendes um corpo!
O matrimônio seja honrado por todos
e o leito conjugal, sem mancha.
Que o amor ao dinheiro não inspire a vossa conduta.
Contentai-vos com o que tendes,
porque ele próprio disse:
“Eu nunca te deixarei, jamais te abandonarei”.
De modo que podemos dizer, com ousadia:
“O Senhor é meu auxílio, jamais temei”.
Palavra do Senhor.

*198. 1Pd 3,1-9
Sede todos unânimes, compassivos e fraternos.

Leitura da Primeira Carta de São Pedro

Vós, esposas, submetei-vos aos vossos maridos.
Assim, os que ainda não obedecem à Palavra
poderão ser conquistados, mesmo sem discursos,
pelo comportamento de suas esposas,
ao observarem a sua conduta casta e respeitosa.
O vosso adorno não consista em coisas externas,
tais como cabelos trançados,
jóias de ouro, vestidos luxuosos,
mas na personalidade que se esconde no vosso coração,
marcada pela estabilidade de um espírito suave e sereno,
coisa preciosa diante de Deus.
Era assim que se adornavam, outrora, as santas mulheres,
que colocavam sua esperança em Deus:
eram submissas aos seus maridos.
Deste modo, Sara obedeceu a Abraão,
chamando-o seu senhor.
Vós vos tornareis filhas de Sara,
se praticardes o bem,
sem vos deixardes intimidar por ninguém.
De igual modo, vós, os maridos,
convivei de modo sensato com vossas mulheres,
tratando-as como um vaso mais frágil,
e prestai-lhes a honra devida a co-herdeiras
da graça da vida,
para que não sejam frustradas as vossas orações.
Finalmente, sede todos unânimes,
compassivos, fraternos, misericordiosos e humildes.
Não pagueis o mal com o mal, nem ofensa com ofensa.
Ao contrário, abençoai,
porque para isto fostes chamados:
para serdes herdeiros da benção.
Palavra do Senhor.

199. 1Jo 3,18-24
Amemos com ações e de verdade!

Leitura da Primeira Carta de São João

Filhinhos, não amemos só com palavras e de boca,
mas com ações e de verdade!
Aí está o critério para saber que somos da verdade
e para sossegar diante de Deus o nosso coração,
pois, se o nosso coração nos acusa,
Deus é maior que o nosso coração
e conhece todas as coisas.
Caríssimos, se o nosso coração não nos acusa,
temos confiança diante de Deus.
E qualquer coisa que pedimos recebemos dele,
porque guardamos os seus mandamentos
e fazemos o que é do seu agrado.
Este é o seu mandamento:
que creiamos no nome do seu Filho, Jesus Cristo,
e nos amemos uns aos outros,
de acordo com o mandamento que ele nos deu.
Quem guarda os seus mandamentos
permanece com Deus e Deus permanece com ele.
Que ele permanece conosco,
sabemo-lo pelo Espírito que ele nos deu.
Palavra do Senhor.

200. 1Jo 4,7-12
Deus é amor.

Leitura da Primeira Carta de São João

Caríssimos, amemo-nos uns aos outros,
porque o amor vem de Deus
e todo aquele que ama
nasceu de Deus e conhece Deus.
Quem não ama, não chegou a conhecer Deus,
pois Deus é amor.
Foi assim que o amor de Deus se manifestou entre nós:
Deus enviou o seu Filho único ao mundo,
para que tenhamos vida por meio dele.
Nisto consiste o amor:
não fomos nós que amamos a Deus,
mas foi ele que nos amou
e enviou o seu Filho
como vítima de reparação pelos nossos pecados.
Caríssimos, se Deus nos amou assim,
nos também devemos amar-nos uns aos outros.
Ninguém jamais viu a Deus.
Se nos amamos uns aos outros,
Deus permanece conosco,
e seu amor é plenamente realizado entre nós.
Palavra do Senhor.

201. Ap 19,1.5-9a
Felizes são os convidados
para o banquete das núpcias do Cordeiro!

Leitura do Livro do Apocalipse de São João

Eu, João, ouvi um forte rumor,
de uma grande multidão no céu,
que clamava: “Aleluia!
A salvação, a glória e o poder
pertencem ao nosso Deus”.
Então uma voz saiu do trono, convidando:
“Louvai o nosso Deus, todos os seus servos
e todos os que o temeis, pequenos e grandes”.
Ouvi também o rumor de uma grande multidão.
Parecia o fragor de águas torrenciais
e o ribombar de fortes trovões.
A multidão aclamava: “Aleluia!
O Senhor, nosso Deus, o Todo-poderoso, passou a reinar.
Fiquemos alegres e contentes,
e demos glória a Deus,
porque chegou o tempo das núpcias do Cordeiro.
Sua esposa já se preparou.
Foi-lhe dado vestir-se
com linho brilhante e puro”.
(O linho significa as obras justas dos santos).
E um anjo me disse: “Escreve:
Felizes são os convidados para o banquete
das núpcias do Cordeiro”.
Palavra do Senhor.

Copyright © 2024 Sacramento do Matrimônio. Todos os direitos reservados.